Notícias

Evento

Colômbia realiza Hackfest Contra a Corrupção inspirada no modelo brasileiro

publicado: 14/08/2019 16h20, última modificação: 14/08/2019 16h22
Universidade do Norte, localizada em Barranquilla, buscou como referência a maratona de programação promovida pelo MPPB, com apoio da CGU e do Focco-PB
Colômbia realiza Hackfest Contra a Corrupção inspirada no modelo brasileiro

Evento acontecerá nos dias 30 e 31 de agosto e 1º de setembro, nos moldes do evento realizado no Brasil desde 2016

A Universidade do Norte (UN), localizada em Barranquilla, na Colômbia, promove, nos dias 30 e 31 agosto e 1º de setembro, o Hackfest Contra a Corrupção, nos moldes do evento realizado no Brasil desde 2016. A iniciativa busca, a partir de uma maratona hacker de programação de computadores e oficinas temáticas, apresentar soluções tecnológicas (como aplicativos e jogos) que estimulem os cidadãos a exercerem o controle social em favor da melhoria da gestão pública e da transparência governamental.

De acordo com a UN, o desenvolvimento da Colômbia tem sido historicamente limitado pela corrupção. “Este flagelo marcou uma forte presença em cada uma das esferas da sociedade, liderando grandes escândalos nacionais e reduzindo os níveis de confiança dos cidadãos. No entanto, a perpetuação e o enraizamento da corrupção no sistema colombiano não devem ser naturalizados, mas enfrentados por diferentes estratégias e setores”, afirma a instituição.

O evento também está alinhado à Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável. Em específico ao Objetivo nº 16, que busca promover sociedades pacíficas e inclusivas, proporcionando o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis

Brasil

O Hackfest é realizado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), com o apoio da Unidade Regional da CGU no Estado e do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco/PB). Também são órgãos parceiros a Câmara Municipal e a Prefeitura de João Pessoa, a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), o Laboratório Analytics Brasil e o Tribunal de Contas da União (TCU).

O evento, com quatro edições e milhares de participantes, é direcionado a programadores ligados ao desenvolvimento de softwares, bem como estudantes e profissionais das áreas de Ciência Política, Relações Internacionais, Engenharia de Sistema, Engenharia Eletrônica, Administração, Gestão Pública, Design e Arte/Mídia.

Para 2019, já ocorreram ou estão planejadas maratonas inspiradas no Hackfest da Paraíba também nos estados do Rio Grande do Norte, Amazonas, Amapá, Minas Gerais, Santa Catarina e São Paulo.

registrado em: , ,