Ouvidoria

Ouvidoria

CGU estende chatbot de denúncias e reclamações ao aplicativo Telegram

publicado: 30/04/2019 07h08, última modificação: 30/04/2019 13h16
Canal, integrado ao e- Ouv, permitirá o aumento do controle social e a coleta de informações sobre o desempenho dos serviços públicos pelo Governo Federal
CGU estende chatbot de denúncias e reclamações ao aplicativo Telegram

Iniciativa permite aos cidadãos registrarem denúncias, sugestões, solicitações, reclamações, elogios ou pedidos de simplificação, agora também pelo Telegram

A Controladoria-Geral da União (CGU) estendeu, para o aplicativo Telegram, o uso do chatbot integrado ao Sistema Informatizado de Ouvidoria do Poder Executivo Federal e dos entes federados (e-Ouv). A iniciativa, realizada pela Ouvidoria-Geral da União (OGU), entrou em funcionamento nesta segunda-feira, dia 29, e tem como objetivo aumentar o engajamento dos usuários nos canais de defesa sobre serviços públicos e simplificar a coleta de informações acerca do desempenho das políticas públicas do Governo Federal.

A ferramenta já vinha sendo utilizada pelo Facebook Messenger (serviço de mensagens instantâneas) da CGU, por meio da robô Cida (Chatbot Interativo de Atendimento Cidadão). O sistema, que utiliza tecnologia de inteligência artificial para simular um ser humano no diálogo com os usuários, é representado por uma personagem “robô” de mesmo nome. A iniciativa permite aos cidadãos registrarem denúncias, sugestões, solicitações, reclamações, elogios ou pedidos de simplificação, agora também pelo Telegram. Para acessar a Cida pelo aplicativo, basta procurar o usuário @CidaOuvidoraVirtualBot.

No segundo semestre deste ano, a OGU pretende lançar um manual de instruções para utilização da robô Cida no Facebook Messenger e no Telegram. Assim, as ouvidorias federais, estaduais e municipais terão informações e subsídios necessários para que possam desenvolver seus próprios canais de denúncias também por meio desses canais. 

Software 

Após receber uma saudação ou pergunta, o software (programa de computador) oferece a possibilidade de encaminhar manifestações de ouvidoria, auxiliando o cidadão, por meio de respostas, a escolher o tipo e o órgão mais adequado, a depender do assunto. Além de esclarecer dúvidas no envio, a Cida protocola automaticamente a manifestação no Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal (e-Ouv).  

Caso o cidadão não saiba identificar com precisão o órgão competente para envio, a Cida oferecerá a possibilidade de encaminhar a solicitação diretamente à CGU, que ficará responsável por redirecionar a demanda ao órgão responsável. Esse fluxo já ocorre, atualmente, pela integração do Sistema e-Ouv, canal único que reúne cerca de 400 órgãos federais. 

registrado em: , , ,