Notícias

Acordo de cooperação

CGU renova parceria com Conselho Federal de Contabilidade

publicado: 15/03/2019 15h52, última modificação: 15/03/2019 15h52
Cooperação incluirá atividades de fomento à integridade privada, com atenção especial ao público dos pequenos negócios
CGU renova parceria com Conselho Federal de Contabilidade

Termo foi assinado pelo ministro da CGU, Wagner Rosário, e pelo presidente do CFC, Zulmir Breda

A Controladoria-Geral da União (CGU) e o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) renovaram, nesta quinta-feira (14), em Brasília (DF), acordo de cooperação técnica celebrado em 2017. A iniciativa busca ampliar as ações de articulação, por meio de apoio mútuo e intercâmbio de experiências, em especial nas áreas de ouvidoria e de integridade no setor privado. O termo foi assinado pelo ministro da CGU, Wagner Rosário, e pelo presidente do CFC, Zulmir Breda.

Nos últimos dois anos, CGU e CFC realizaram 20 eventos gratuitos voltados à disseminação de conhecimentos e aperfeiçoamento das atividades de ouvidoria em mais de 15 capitais do país. Os “Seminários Regionais de Participação e Controle Social” incluíram palestras sobre temas como: transparência; acesso à informação; interação entre Estado e cidadãos (novas mídia, redes e tecnologias); e papel das ouvidorias públicas nessas matérias.

“A capilaridade do CFC e a grande quantidade de profissionais ligados ao Conselho são fatores fundamentais para a ampliação da cultura do controle social em nosso país”, disse o ministro Wagner Rosário durante a cerimônia de renovação do acordo. Para o ministro, como o Brasil tem dimensão continental, parcerias como essas são necessárias para fortalecer a participação da população no controle do gasto público.

O presidente do Conselho, Zulmir Breda, ressaltou a importância de convencer a população a participar da gestão pública e a exercer o controle social, e acrescentou que o CFC conta com o envolvimento de cerca de 520 mil profissionais que podem atuar nesse desafio. “Temos um exército para ajudar nesse processo”, comemorou.

Integridade 

Por meio do termo aditivo, válido pelos próximos 24 meses, o acordo de cooperação agregará atividades de fomento à integridade privada, bem como ações de prevenção e combate à corrupção, com atenção especial ao público dos pequenos negócios. A CGU produzirá conteúdos e fornecerá ferramentas para capacitação de empresários e contabilistas em eventos, cursos e palestras promovidos pelo CFC, em ações denominadas “Abraçando o Controle Social”.

Outro destaque é o intercâmbio de informações, inclusive por meio de sistemas informatizados gerenciados pelos órgãos envolvidos.