Ética e Integridade

Integridade Empresarial

Torquato Jardim: “Quem participa do Pró-Ética se dispõe a dar satisfação aos consumidores”

publicado: 30/03/2017 16h48, última modificação: 30/03/2017 17h42
Ministro realizou encontro com empresários do Paraná para divulgar regulamento do Programa
Ministro apresenta Pró-Ética a empresários do Paraná

Torquato Jardim apresentou critérios e benefícios do Pró-Ética, destacando a importância para a imagem das empresas no mercado - Foto: Agência Fiep

O ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), Torquato Jardim, participou, nesta quinta-feira (30), em Curitiba (PR), de um encontro com empresários e entidades da economia local para divulgar o Pró-Ética 2017. O evento, realizado em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), busca incentivar nas corporações um posicionamento afirmativo pela prevenção e pelo combate de práticas ilegais, seja no ambiente interno ou na relação entre os setores público e privado.

>> Multimídia: Acesse a galeria de fotos (Agência Fiep)

O ministro apresentou os critérios e benefícios do Pró-Ética, bem como sua importância para a imagem das empresas no mercado. “É um processo de seleção rigoroso e sigiloso. Quem decide participar se dispõe a dar satisfação aos consumidores. Nosso selo é a afirmação do Governo Federal de que aquela organização tem boa conduta em seus negócios e uma política eficaz de integridade”, destacou Jardim.

Já o presidente da Fiep, Edson Campagnolo, destacou que a entidade, juntamente com o Sesi, o Senai e o Instituto Euvaldo Lod (IEL) do Paraná, sempre apoiaram o Programa. “Quando falamos de ética é como falar de qualidade numa roupa. É essencial, básico, obrigatório. Se não tiver isso, não pode nem começar a vender”, afirmou o empresário.

O Ministério já promoveu encontros regionais em Manaus (AM), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Goiânia (GO) e Campo Grande (MS). Até o final de abril, outras três capitais receberão a divulgação do Pró-Ética: Porto Alegre (RS), Salvador (BA), Fortaleza (CE) e Recife (PE).

Acesso o calendário completo

Prevenção e combate à corrupção

O Pró-Ética foi criado, em 2010, em parceria com o Instituto Ethos. A iniciativa, pioneira na América Latina, é um reconhecimento do Governo Federal a empresas que, independente do porte ou ramo de atuação, investem em boas medidas de prevenção e combate à corrupção. Neste ano, o prazo para participação vai até 28 de abril.

Saiba como inscrever sua empresa

As vencedoras na última edição foram: 3M do Brasil, ABB Ltda., Alphatec S.A., Banco do Brasil, Chiesi Farmacêutica Ltda., Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Dudalina S.A., Duratex S.A., Enel Brasil S.A., EDP Energias do Brasil, Granbio Investimentos S.A., Itaú Unibanco, ICTS Global, Elektro Redes S.A., Natura Cosméticos S.A., Nova/SB Comunicação Ltda., Neoenergia S.A., Radix Engenharia e Desenvolvimento de Software S.A., Microsoft Informática Ltda., Serasa Experian, Banco Santander Brasil, JLL Ltda., Tecnew Informática e Siemens Ltda.