Transparência Pública

Parceria Institucional

CGU no Paraná acompanha lançamento do movimento “De olho na transparência”

publicado: 11/05/2015 19h25, última modificação: 11/05/2015 19h34
Grupo de trabalho vai analisar dados inseridos nos portais de transparência municipais

A Unidade Regional da Controladoria-Geral da União no Paraná acompanhou o lançamento, na quarta-feira (06), do movimento “De olho na transparência”, que vai analisar as contas públicas a partir do conteúdo publicado nos portais de transparência municipais, criados por força da Lei Complementar nº 131/2009 e da Lei de Acesso à Informação (nº 12.527/2011). A iniciativa partiu da Ordem dos Advogados do Brasil no Paraná (OAB-Paraná), do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná (SESCAP-PR), do Conselho Regional de Contabilidade (CRCPR) e do Conselho Regional de Economia (Corecon-PR).

A assinatura do termo de cooperação entre as entidades ocorreu na sede do SESCAP-PR, em Curitiba, e contou com a participação do chefe da Controladoria Geral da União, Moacir Rodrigues de Oliveira, e do representante do Ministério Público do Estado, procurador Bruno Sérgio Galatti, que apoiaram a iniciativa e poderão contribuir com as ações do grupo sempre que necessário.

De acordo com o presidente do SESCAP-PR, Mauro Kalinke, o principal objetivo do grupo é garantir mais transparência às receitas e despesas do poder público. “Faremos um trabalho de análise e ampla divulgação para alertar a sociedade sobre como o seu dinheiro é utilizado pelos órgãos públicos”, disse. Se for detectada alguma anormalidade ou indício de irregularidade nas contas, o grupo levará os fatos às autoridades e órgãos competentes.

O chefe da CGU-Regional/PR garantiu seu apoio ao movimento. “Juntos seremos sempre mais fortes e conseguiremos otimizar os resultados e os custos”, disse, ao destacar que se cada entidade contribuir com sua experiência sobre áreas específicas, a visão sobre a realidade será muito melhor. “A CGU tem grande interesse em colocar seus instrumentos de controle à disposição dos integrantes porque os interesses do grupo vão ao encontro dos objetivos da Controladoria, que é a defesa da sociedade”, afirmou.

registrado em: ,