Programação

Confira, abaixo, a programação da 4ª Conferência Lei Empresa Limpa.

 

4ª Conferência Lei Empresa Limpa
08:30-09:00 Credenciamento e café da manhã
09:00-09:30

Abertura

  • Wagner de Campos Rosário, Ministro Substituto da Transparência e Controladoria-Geral da União
  • Torquato Jardim, Ministro da Justiça e Segurança Pública
  • Grace Maria Fernandes Mendonça, Advogada-Geral da União
  • Robson Braga de Andrade, Presidente da Confederação Nacional da Indústria - CNI
09:30-10:00

Palestra Magna

Palestrante: Wagner de Campos Rosário, Ministro Substituto da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU)

10:00-12:00

Premiação Pró-Ética 2017

Divulgação da lista de empresas Pró-Ética 2017 com entrega de premiação

12:00-14:00 Almoço
14:00-15:45

Painel 1: Combate ao suborno transnacional: avanços e oportunidades

Neste painel serão discutidos avanços e oportunidades no combate ao suborno transnacional a partir da perspectiva do setor público e privado. Algumas questões endereçadas são: a manutenção de programas de integridade que atendam à regulamentação anticorrupção nacional e internacional; o envolvimento em processos de responsabilização em múltiplas jurisdições; e as ferramentas para combater o suborno transnacional.

Moderador: Antônio Carlos Vasconcellos Nóbrega, Corregedor-Geral da União do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União

 Palestrantes:

  • Empresa Pró-Ética 2017
  • Carlo Verona, Vice-presidente da Comissão de Anticorrupção e Responsabilidade Corporativa da Câmara Internacional de Comércio – ICC Brasil
  • Mírian Campos, Coordenadora de Seguro de Crédito à Exportação – Compliance da Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda
15:45-16:00 Coffee Break
16:00-17:45

Painel 2: Transparência na relação público-privada: iniciativas e desafios

Neste painel serão apresentados iniciativas e desafios na relação público-privada a partir do olhar de representantes do setor privado e do terceiro setor. Entre as iniciativas, estão regras e procedimentos de integridade para a interação público-privada, como defesa de interesses, doação de brindes e presentes e conflitos de interesses. No escopo dos desafios, o foco será a demanda por regulamentação para as atividades de defesa de interesses, que viria a complementar o marco regulatório anticorrupção brasileiro.

Moderador: Renato de Oliveira Capanema, Diretor de Promoção da Integridade, Acordos e Cooperação Internacional do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União

Palestrantes:

  • Empresa Pró-Ética 2017
  • Paulo Castelo Branco, Presidente do Conselho de Ética da Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais – ABRIG
  • Pablo Cesário, Gerente Executivo de Relacionamento com o Poder Executivo da CNI
  • Felipe Saboya, Gerente Executivo de Relações Institucionais, Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social
17:45-18:00

Encerramento