Composição

por ASCOM publicado 16/10/2018 13h45, última modificação 17/10/2018 11h04
Conheça a estrutura de governança da CGU.

A estrutura de governança da CGU é composta por:

  • Comitê de Governança e Gestão Estratégica
  • Comitês Gerenciais
  • Unidades Organizacionais Executivas


Comitê de Governança e Gestão Estratégica (CGGE)


O Comitê de Governança e Gestão Estratégica (CGGE) será composto pelos ocupantes dos cargos a seguir ou seus substitutos legais:

I - Ministro de Estado;

II - Secretário-Executivo;

III - Secretário Federal de Controle Interno;

IV - Secretário de Transparência e Prevenção da Corrupção;

V - Corregedor-Geral da União; e

VI - Ouvidor-Geral da União.

O CGGE será presidido pelo Ministro de Estado ou por seu substituto legal. As funções de secretaria-executiva do CGGE serão exercidas pela unidade organizacional responsável pela ação estratégica em pauta. Poderão ser convocados, sem direito à voto, outros dirigentes e servidores das unidades organizacionais da CGU para participar da reunião do CGGE.

 

Comitês Gerenciais (CG) e Unidades Organizacionais

 

Os Comitês Gerenciais (CG) serão compostos por representantes das unidades organizacionais (UO) que possuem relação com a respectiva ação estratégica.

As unidades organizacionais deverão propor a criação de CG de acordo com as ações estratégicas de sua responsabilidade e com a participação das áreas relacionadas ao tema.

Os representantes, titular e suplente, de cada CG serão indicados pelos dirigentes das respectivas unidades e serão designados por Portaria do Secretário-Executivo da CGU.

As Controladorias Regionais da União nos Estados poderão participar dos CG, por meio de seus Superintendentes, conforme indicação do Secretário-Executivo da CGU. O CG será presidido pelo titular da unidade organizacional responsável pela ação estratégica em pauta ou por seu respectivo suplente.

Poderão ser convocados, sem direito a voto, outros dirigentes e servidores das unidades organizacionais da CGU para participar da reunião do CG.

Deverão ser designadas ou instituídas UO responsáveis por cada ação estratégica.