Notícias

Evento

Enccla: Ministro da CGU destaca integração entre os órgãos no combate à corrupção

publicado: 22/11/2019 17h00, última modificação: 22/11/2019 17h00
Wagner Rosário participou da plenária de encerramento ao lado do ministro da Justiça
Enccla: Ministro da CGU destaca integração entre os órgãos no combate à corrupção

Na ocasião, o ministro da CGU destacou a importância do evento para a integração entre os órgãos e o compartilhamento de ideias

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, participou, nesta quinta-feira (21), em Belo Horizonte (MG), do XVII Reunião Plenária da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA 2020), que aconteceu de 18 a 22 de novembro. Wagner Rosário participou da plenária de encerramento ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Na ocasião, o ministro da CGU destacou a importância do evento para a integração entre os órgãos e o compartilhamento de ideias. “Temos aqui pessoas com conhecimentos específicos em diversas áreas, cada um traz a sua experiência e esse conjunto de atividades é fundamental porque sabemos que nenhum órgão sozinho é capaz de combater a corrupção de forma efetiva. Essa é a grande virtude da Enccla, trazer iniciativas de quem vive a realidade dos problemas de combate à corrupção e a luta contra a lavagem de dinheiro”, afirmou.

ENCCLA

Instituída em 2003, sob a coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA) é formada por mais de 90 entidades dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário - das esferas federal, estadual e municipal; além de Ministérios Públicos e associações que atuam, direta ou indiretamente, na prevenção e combate à corrupção e à lavagem de dinheiro. A Estratégia intensifica a prevenção a esses crimes porque soma os conhecimentos de diversos parceiros em prol do Estado brasileiro.

Anualmente, os órgãos participantes reúnem-se em plenária para, a partir de consenso, traçar as ações que serão executadas no ano seguinte. Os órgãos são divididos em grupos de trabalho que coordenam, ao longo do ano, a execução de cada uma das ações eleitas. O Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI/Senajus) atua como Secretaria Executiva da ENCCLA, desenvolvendo as atividades necessárias para a sua implementação. Ao longo desses anos, os trabalhos desenvolvidos pela Estratégia trouxeram diversos resultados positivos no combate ao crime de lavagem de dinheiro e às práticas de corrupção. 

Com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública

registrado em: , ,