Auditoria e Fiscalização

Evento

Ministro da CGU participa de abertura do 10º Fórum Brasileiro de Auditoria Governamental

publicado: 17/10/2019 15h04, última modificação: 17/10/2019 15h12
Evento busca intercâmbio de conhecimentos, tecnologias e experiências relacionadas à auditoria interna nos poderes da União
Ministro da CGU participa de abertura do 10º Fórum Brasileiro de Auditoria Governamental

Programação do evento contempla palestras, com temas que privilegiam as mudanças ocorridas e previstas na atividade de auditoria governamental

O ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, participou, na manhã desta quarta-feira (16), da abertura do 10º Fórum Brasileiro da Atividade de Auditoria Governamental, que tem como tema “Desafios e perspectivas para a melhoria da governança pública”. O ministro destacou a relevância da auditoria interna para a correta aplicação dos recursos públicos quando atua de forma colaborativa com o bom gestor.

Wagner Rosário defendeu que é preciso fortalecer a atividade de auditoria interna governamental, de modo a fomentar a boa governança, a gestão de riscos e a melhoria de controles internos. Segundo ele, o gestor precisa de segurança e apoio na tomada de decisão, e as unidades de auditoria podem fornecer as orientações e esclarecimentos para que isso aconteça.

A programação do evento contempla diversas palestras, com temas que privilegiam as mudanças ocorridas e previstas na atividade de auditoria governamental, sobretudo em função das novas tecnologias de mineração e análise de dados.

As discussões serão voltadas à disseminação de boas práticas de auditoria interna entre os poderes da União e à promoção de novos canais e mecanismos de cooperação visando à integração dos órgãos, de forma a permitir a troca de experiências, conhecimentos e ferramentas de apoio à prática da atividade de auditoria interna governamental.

Também participaram da abertura do Fórum o secretário-executivo da CGU, José Marcelo de Carvalho; o secretário Federal de Controle Interno e presidente do Conselho de Dirigentes de Órgãos de Controle Interno da União (Dicon), Antônio Carlos Leonel; a 2ª vice-presidente do Dicon, Mércia Giselle Oliveira; o presidente do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), Leonardo Ferraz; e a conselheira do Instituto de Auditores Internos do Brasil (IIA Brasil), Tania Mara Cordeiro.

No período da tarde, o ministro Wagner Rosário participou de uma mesa de debates sobre as expectativas da alta administração sobre a atividade de auditoria interna, junto com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, o diretor Jurídico e de Governança do Serpro, Gileno Barreto, e o comandante logístico do Hospital das Forças Armadas, general de divisão Rui Yutaka Matsuda. O debate foi moderado pelo secretário-executivo da CGU, José Marcelo de Carvalho.

Fórum

O evento, que se estende até a tarde desta quinta-feira (17) é voltado a auditores internos governamentais de órgãos e entidades dos poderes da União, Estados e municípios; auditores externos governamentais; gestores e servidores públicos. O objetivo é promover a integração e o intercâmbio de conhecimentos, tecnologias e experiências relativas à prática da atividade de auditoria interna no âmbito das unidades de auditoria dos poderes da União. 

A 10ª edição do Fórum é promovida pelo Conselho de Dirigentes de Órgãos de Controle Interno da União (Dicon), sob a coordenação da Controladoria-Geral da União (CGU) e da Secretaria de Controle Interno do Ministério da Defesa (Ciset/MD).