Auditoria e Fiscalização

Inovação

CGU participa do lançamento do Radar Anticorrupção do Ministério da Infraestrutura

publicado: 10/05/2019 08h01, última modificação: 10/05/2019 08h01
Objetivo é fortalecer combate a fraudes dentro da Pasta e de órgãos vinculados. Medida será desempenhada em parceria também com MJSP, AGU e PF
CGU participa do lançamento do Radar Anticorrupção do Ministério da Infraestrutura

Medida será desempenhada em parceria também com os Ministérios da Justiça, Advocacia-Geral da União e Polícia Federal

A Controladoria-Geral da União (CGU) participou, nessa terça-feira (7), do lançamento do Radar Anticorrupção do Ministério da Infraestrutura (MInfra). O objetivo do programa é fortalecer a prevenção e o combate a fraudes dentro da Pasta e de órgãos vinculados. A nova medida será desempenhada em parceria também com os Ministérios da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Advocacia-Geral da União (AGU) e Polícia Federal (PF). 

O evento de assinatura do termo de cooperação contou com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas; do ministro da CGU, Wagner Rosário; do ministro da Justiça, Sergio Moro; e do advogado-geral da União, André Mendonça. 

O Radar Anticorrupção será composto por quatro pilares:  

  • Conexão Integridade – Integração do MInfra com MJ, CGU, AGU e PF em um novo canal de troca de informações no combate à corrupção em processos de seleção e em casos que configurem crimes ou irregularidades administrativas.
  • Profissionais do Progresso – Adoção de critérios técnicos e éticos para a escolha de profissionais aptos ao serviço público de acordo com as funções desempenhadas.
  • Canal Transparência – Política de estímulo a denúncias de corrupção através da reformulação dos canais oficiais (sistema e-OUV, e-mail ou telefone) com a garantia do sigilo do denunciante.
  • Guia de Conduta Ética – Uma nova apresentação de diretrizes de boas práticas para servidores e uma campanha de divulgação com princípios éticos e formas de prevenção a atos de corrupção