Transparência Pública

Participe

CGU faz consulta pública sobre abertura de bases de dados

publicado: 30/04/2018 11h42, última modificação: 30/04/2018 18h23
Contribuições da sociedade podem ser enviadas até 11 de maio. Objetivo é definir as bases que farão parte do 2º Plano de Dados Abertos do órgão
CGU faz consulta pública sobre abertura de bases de dados

Cidadão pode priorizar as bases que fazem parte do inventário e ainda não foram disponibilizadas em formato aberto

O Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU) realiza, até o dia 11 de maio, consulta pública para que o cidadão manifeste o interesse pela abertura de 40 bases de dados do órgão de controle. O objetivo da ação é incentivar a participação da sociedade e otimizar os esforços para disponibilização de bases da CGU em formato aberto e em conformidade com os anseios da sociedade. 

Participe da consulta
Acesse o inventário com todas as bases de dados da CGU 

O cidadão pode priorizar as bases não sigilosas que fazem parte do inventário e ainda não foram disponibilizadas em formato aberto, a exemplo das informações dos sistemas Monitor, Ativa e Trilhas - ferramentas de auxílio às auditorias e fiscalizações da CGU -; do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH), utilizado para registros funcionais e controle de frequência (ponto eletrônico); entre outros. O resultado da consulta contribuirá para a elaboração do 2º Plano de Dados Abertos (PDA) da CGU.  

Política de Dados Abertos 

A Política de Dados Abertos determina que todas as unidades da Administração Pública Federal Direta, Autárquica e Fundacional disponibilizem suas bases de dados de forma aberta, o que significa sem restrições de licenças ou patentes, permitindo o livre acesso, utilização, modificação e compartilhamento. A participação social na priorização de abertura atende à determinação do Decreto nº 8.777/2016. 

A CGU já disponibilizou 12 bases de dados em formato aberto, elencadas no atual Plano de Dados Abertos (PDA). O órgão de controle também disponibiliza o Painel Monitoramento de Dados Abertos, que apresenta um panorama da abertura das informações no Poder Executivo Federal. A ferramenta, lançada em junho de 2017, permite conferir as bases de dados já publicadas, os cronogramas de publicação e acompanhar o cumprimento da política de dados abertos por diversos órgãos e entidades.

error while rendering plone.belowcontenttitle.contents