Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > 07 > Programa de Fomento à Integridade recebe adesão da Secretaria de Agricultura Familiar

Ética e Integridade

Programa de Fomento à Integridade recebe adesão da Secretaria de Agricultura Familiar

Profip

Iniciativa demonstra interesse do órgão em desenvolver ações de prevenção e combate à corrupção
publicado: 19/07/2017 08h59 última modificação: 20/07/2017 15h15
Ascom/Sead Iniciativa demonstra o interesse do órgão em desenvolver um programa de integridade eficaz na prevenção, na detecção e no combate à corrupção.

Iniciativa demonstra o interesse do órgão em desenvolver um programa de integridade eficaz na prevenção, na detecção e no combate à corrupção.

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) recebeu, nessa terça-feira (17), em Brasília (DF), a adesão da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) ao Programa de Fomento à Integridade Pública (Profip). 

A iniciativa demonstra o interesse do órgão em desenvolver um programa de integridade eficaz na prevenção, na detecção e no combate à corrupção, principalmente no relacionamento com o setor privado. Além da definição de eixos estratégicos, a parceria oferecerá ao corpo técnico da Sead capacitação e intercâmbio de experiências na área de compliance. 

A assinatura do termo de adesão contou com a presença da secretária de Transparência e Prevenção da Corrupção, Claudia Taya; do secretário de Controle Interno da Secretaria de Governo da Presidência da República, Edson Leonardo Teles; do secretário especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, José Ricardo Roseno; e do secretário Adjunto de Agricultura Familiar, Jefferson Coriteac; além de outros servidores das duas pastas. 

Análise e monitoramento 

O Profip, instituído em abril de 2016, busca incentivar todas as unidades do Poder Executivo Federal a adequarem seus quadros de integridade aos riscos específicos de cada organização. O trabalho envolve análise das fragilidades, processo de monitoramento contínuo, definição de instâncias responsáveis, além do comprometimento e apoio da alta direção. O Programa já conta com a adesão de 27 órgãos e entidades. 

Confira a lista completa das 27 unidades que já aderiram ao Programa.

registrado em: , , , ,
Assunto(s): Ética publica