Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > 05 > Programa de Fomento à Integridade Pública recebe adesão do DNIT

Ética e Integridade

Programa de Fomento à Integridade Pública recebe adesão do DNIT

Profip

Iniciativa do Ministério da Transparência auxilia no desenvolvimento de políticas de combate à corrupção
publicado: 12/05/2017 16h42 última modificação: 22/05/2017 10h15
Adalberto Carvalho/Ascom CGU Trabalho envolverá análise das fragilidades, processo de monitoramento contínuo, definição de instâncias responsáveis, além do comprometimento e apoio da alta direção

Trabalho envolverá análise das fragilidades, processo de monitoramento contínuo, definição de instâncias responsáveis, além do comprometimento e apoio da alta direção

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) recebe, nesta sexta-feira (12), a adesão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) ao Programa de Fomento à Integridade Pública (Profip). Dessa forma, a autarquia federal oficializa o interesse em desenvolver uma política de compliance eficaz na prevenção e no combate à corrupção, principalmente no seu relacionamento com o setor privado.

Para o secretário-executivo do Ministério da Transparência, Wagner Rosário, com a adesão ao Programa, o DNIT será referência para outros órgãos. “Se vocês conseguirem implementar o sistema de forma efetiva, independentemente de qualquer ingerência política que o órgão venha a sofrer em determinado momento, o programa de integridade blindará a instituição”, afirmou.

O diretor-geral do DNIT, Valter Casimiro Silveira, ressaltou que o programa vai fortalecer o controle nos processos de trabalho do DNIT. “Para nós, que trabalhos com recursos públicos, é importante que tenhamos uma garantia de que esse recurso está sendo utilizado de forma segura e coerente com os objetivos da instituição”, disse.

A assinatura do termo de adesão contou ainda com a presença da secretária de Transparência e Prevenção da Corrupção, Cláudia Taya; da coordenadora-geral de Integridade da CGU, Renata Figueiredo e da servidora Raquel Geralda Máximo.

Iniciativa

O Profip, instituído em abril de 2016, é uma iniciativa do Ministério da Transparência que busca incentivar as entidades do Poder Executivo Federal a adequarem seus quadros de integridade aos riscos específicos de cada organização. O trabalho envolve análise das fragilidades, processo de monitoramento contínuo, definição de instâncias responsáveis, além do comprometimento e apoio da alta direção.

Além do DNIT,  o programa já conta com a adesão de entidades como: Anvisa, Capes, CGU, CNPq, Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Incra, Inmetro, Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), INSS, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), Ministério do Turismo (MTur), Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI-MG) e Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).