Institucional

Parceria

Ministério da Transparência doa mais de quatro mil equipamentos de informática

publicado: 08/05/2017 10h57, última modificação: 08/05/2017 10h57
Iniciativa busca o recondicionamento de computadores para distribuição em áreas carentes e reciclagem
Ministério da Transparência doa mais de quatro mil equipamentos de informática

Foram encaminhados 4.332 materiais, organizados e classificados ao longo de seis anos, que estavam em desuso ou danificados no órgão, como CPU, telefone, teclado, entre outros. - Foto: Adalberto Carvalho/Ascom-CGU

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) realizou, na última sexta-feira (5), a entrega de mais de quatro mil equipamentos de informática para o Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC) do Valparaiso (GO). A iniciativa da Diretoria de Gestão Interna (DGI) teve como objetivo a restauração de parte dos equipamentos para uso de escolas, prefeituras e instituições necessitadas, além da recuperação de materiais para a reciclagem.

As doações foram recebidas pela ONG Programando o Futuro, responsável pelo processo de recondicionamento dos equipamentos. Foram encaminhados 4.332 materiais, organizados e classificados ao longo de seis anos, que estavam em desuso ou danificados no órgão, como CPU, monitor, switch, notebook, telefone, teclado, impressora, cabos de força e VGA, entre outros.

Os CRC’s fazem parte do Programa Digital do Governo Federal, promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A iniciativa busca a inclusão digital e a formação de jovens de baixa renda em situação de vulnerabilidade social com cursos, treinamentos e outras atividades formativas voltadas para o recondicionamento e a manutenção de equipamentos de informática e na conscientização ambiental sobre os resíduos eletroeletrônicos.

Na oportunidade, o diretor de Gestão Interna (DGI), Sérgio Akutagawa, ressaltou a importância da doação para a questão ambiental e social. “Tínhamos em depósito uma série de equipamentos que já não atendia à demanda do órgão. Por isso, agradeço, principalmente como cidadão, ao trabalho feito. É grandiosa a oportunidade que estão oferecendo aos materiais, às instituições e à comunidade”, completou.

O diretor estava acompanhado da Comissão de Desfazimento composta pelos servidores Joyce Lucena, Frederico Gonçalves e Nara Duarte. Na ocasião, falaram sobre o tempo em que os equipamentos ficaram acumulados e a busca constante da equipe de encontrar um meio adequado e benéfico para tratar dos materiais em desuso.

Também esteve presente, do Ministério da Ciência, a equipe responsável pelo acompanhamento e planejamento do desfazimento. A servidora Jaqueline Ferreira destacou o trabalho realizado pela CGU. “Que a ação sirva de exemplo para outros órgãos, pois é preciso agilidade para atender às necessidades do cidadão”, ressaltou.

O coordenador do Programando o Futuro, Vilmar Simon, contou a história do projeto e a importância das parcerias no decorrer dos anos. Também parabenizou o Ministério da Transparência pela quantidade de equipamento e, principalmente, pelo tempo recorde de entrega do material. Por fim, convidou a todos para conhecer as instalações do programa e as atividades ali realizadas.

Programando o Futuro

A ONG foi fundada há 15 anos e atua com o objetivo de fortalecer as iniciativas da sociedade civil por meio do incentivo ao uso apropriado das tecnologias da informação e comunicação. É também um dos principais Centros de Recondicionamento de Computadores do país. O projeto realiza cursos de informática, produção de vídeo e design gráfico para a comunidade. Todo o processo de recondicionamento de computadores, como a limpeza, a separação, a restauração e a manutenção, é oferecido como capacitação para jovens da região.