Ética e Integridade

Integridade Empresarial

Torquato Jardim incentiva participação de empresários baianos ao Pró-Ética 2017

publicado: 04/04/2017 16h42, última modificação: 04/04/2017 16h50
Ministro da Transparência apresentou critérios de avaliação e benefícios do Programa
Ministro da Transparência apresenta Pró-Ética 2017 a empresários baianos

Torquato Jardim ressaltou a avaliação criteriosa do programa de fomento à integridade, além da parceria com o setor privado para mudança do ambiente de negócios - Foto: César Vilas Boas/Fecomércio-BA

O ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), Torquato Jardim, participou, nesta terça-feira (4), em Salvador (BA), de um encontro com empresários e entidades da economia local para divulgar o Pró-Ética 2017. O evento, realizado em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da Bahia (Fecomércio-BA), busca incentivar nas corporações um posicionamento afirmativo pela prevenção e pelo combate de práticas ilegais, seja no ambiente interno ou na relação entre os setores público e privado.

O ministro apresentou os critérios de avaliação e os benefícios do Pró-Ética, no intuito de incentivar a participação das empresas. “O aprendizado é mútuo. O industrial, o comerciante, os produtores rurais podem conhecer melhor como operam os auditores. E vice-versa. Temos que corrigir muita coisa. E vocês do setor privado têm que ser parceiros”, destacou Jardim.

“A ética e a transparência devem nortear qualquer ação nossa”, afirmou o presidente em exercício da Fecomércio-BA, Kelsor Fernandes. A entidade trabalha em parceria com Sesc e Senac; possui cinco câmaras setoriais, que maximizam sua representatividade em nichos específicos do empresariado baiano; e tem 34 sindicatos filiados entre a capital e o interior.

Desde março, o Ministério da Transparência iniciou uma série de dez encontros regionais para divulgação do Pró-Ética. Além de Salvador (BA), os eventos já foram realizados nas cidades de Manaus (AM), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS). As próximas capitais serão Fortaleza (CE), amanhã (5), e Recife (PE), na quinta-feira (6).

Conheça os horários e endereços dos eventos

Prevenção e combate à corrupção

O Pró-Ética foi criado, em 2010, em parceria com o Instituto Ethos. A iniciativa, pioneira na América Latina, é um reconhecimento do Governo Federal a empresas que, independente do porte ou ramo de atuação, investem em boas medidas de prevenção e combate à corrupção. Neste ano, o prazo para participação vai até 28 de abril.

Saiba como inscrever sua empresa

As vencedoras na última edição foram: 3M do Brasil, ABB Ltda., Alphatec S.A., Banco do Brasil, Chiesi Farmacêutica Ltda., Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Dudalina S.A., Duratex S.A., Enel Brasil S.A., EDP Energias do Brasil, Granbio Investimentos S.A., Itaú Unibanco, ICTS Global, Elektro Redes S.A., Natura Cosméticos S.A., Nova/SB Comunicação Ltda., Neoenergia S.A., Radix Engenharia e Desenvolvimento de Software S.A., Microsoft Informática Ltda., Serasa Experian, Banco Santander Brasil, JLL Ltda., Tecnew Informática e Siemens Ltda.