Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > 04 > Sistema de Ouvidorias recebe recorde de manifestações no primeiro trimestre de 2017

Ouvidoria

Sistema de Ouvidorias recebe recorde de manifestações no primeiro trimestre de 2017

Comparativo

Registros no e-OUV têm aumento de 95% no comparativo ao mesmo período do ano passado
publicado: 11/04/2017 16h42 última modificação: 12/04/2017 11h51
No total, foram 21.330 reclamações, denúncias, solicitações, sugestões e elogios – um aumento de 95% em relação ao ano passado.

No total, foram 21.330 reclamações, denúncias, solicitações, sugestões e elogios – um aumento de 95% em relação ao ano passado.

O Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal (e-OUV), criado e mantido pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), registrou, nos primeiros três meses de 2017, recorde histórico de manifestações. No total, foram 21.330 reclamações, denúncias, solicitações de informação, sugestões e elogios de todo país – um aumento de 95% no comparativo ao mesmo período do ano passado.

O crescimento expressivo se deve à integração do e-OUV com as plataformas operacionais do Reclame AQUI, maior site privado da América Latina para reclamações e pesquisa de reputação de empresa; e com o Portal de Serviços do Governo Federal do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP).

O objetivo do e-OUV é estabelecer um canal único para encaminhamento de manifestações sobre políticas, serviços e conduta de agentes públicos do Executivo Federal. O sistema está disponível na internet e funciona 24 horas. A ferramenta permite o anonimato ou acesso restrito aos dados do usuário. O sistema é utilizado por 127 órgãos e entidades (ministérios, agências reguladoras, universidades e hospitais), além de estados, capitais e municípios que aderiram ao Programa de Fortalecimento de Ouvidorias.

Perfil

Desde a sua criação, em dezembro de 2014, o e-OUV já recebeu 90.584 manifestações. Dessas, 39% são solicitações de informação, 34% de reclamações, 22% de denúncias, 4% de sugestões e 1% de elogios. Os assuntos mais recorrentes estão relacionados à Administração (atendimento, servidores e concursos públicos), seguido de Educação e Comércio e Serviços.

O perfil dos usuários do e-OUV (que preencheram voluntariamente a ficha cadastral) é composto por 50,5% de homens e 40,6% de mulheres. Com relação à idade, 30,5% têm entre 20 e 39 anos; 19% entre 40 e 59 anos; e 4% entre 60 a 79 anos. Já sobre à cor da pele, 32% informaram ser brancos; 18% pardos (17,7%); e 4,8% pretos. Os manifestantes estão distribuídos, em sua maioria, pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia.

Os órgãos que mais concentram as manifestações – para o devido encaminhamento, resposta e adoção de providências – são: Ministério da Transparência; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa (Sempe); Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep); e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Esses dados estão disponíveis para consulta na Sala de Ouvidorias, ferramenta que oferece, na forma de painel, estatísticas e gráficos detalhados sobre o atendimento realizado pelo e-Ouv.