Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2016 > 12 > I Encontro Nacional de Governo Aberto recebe participação de público diversificado

Parcerias Institucionais

I Encontro Nacional de Governo Aberto recebe participação de público diversificado

OGP BRASIL

Governo e sociedade civil debateram sobre promoção da transparência e acesso à informação
por Ascom publicado: 02/12/2016 14h59 última modificação: 02/12/2016 15h22
Evento recebeu 260 pessoas, que discutiram participação cidadã e o uso de tecnologia e inovação

Evento recebeu 260 pessoas, que discutiram participação cidadã e o uso de tecnologia e inovação

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) promoveu, na última terça-feira (29/11), em São Paulo (SP), o I Encontro Nacional de Governo Aberto. O objetivo foi discutir os avanços e os desafios da promoção da transparência e do acesso à informação, da participação cidadã, da prestação de contas e do uso de tecnologia e inovação.

O evento contou com a presença de 260 pessoas, entre membros do governo, sociedade civil, universidades, movimentos sociais, setor privado e cidadãos que atuam na área.  O Encontro foi realizado com apoio do Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC) e em parceria com a Prefeitura de São Paulo, Artigo 19, Imaflora, Laboratório de Desenvolvimento e Participação da Universidade de São Paulo (Colab/USP), Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR e a Open Knowledge Brasil.

Pela manhã, o foco principal foi a apresentação do 3º Plano de Ação Nacional na Parceria para Governo Aberto (OGP) e do Plano de Ação de Governo Aberto da Prefeitura de São Paulo (SP), seguida de rodas de debate para esclarecer as peculiaridades de cada um. No período da tarde, foram realizadas mesas sobre temas como “Transparência e Meio Ambiente”, “Acesso à informação para Migrantes e Refugiados” e “Mídias sociais, participação e mobilização”.

O Ministério esteve representado pelo diretor de Transparência e Controle Social, Otávio Moreira de Castro Neves, e pelos servidores Pepe Tonin e Thalita Ary, da Coordenação-Geral de Governo Aberto e Transparência (CGAT).