Auditoria e Fiscalização

Combate à Corrupção

Ministério da Transparência apura desvios de recursos da saúde e da educação no Pará

publicado: 24/11/2016 10h08, última modificação: 24/11/2016 11h08
Operação Maturu investiga irregularidades como fraudes em licitações e movimentação atípica de verbas

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta quinta-feira (24), da Operação Maturu, com o objetivo de combater desvios de recursos públicos da saúde e da educação no município de Porto de Moz, no Pará. O trabalho é realizado em parceria com o Ministério Público do Estado do Pará.

Segundo fiscalizações da CGU, houve movimentação de recursos fora de contas específicas de programas; indícios de fraudes em licitações de merenda e transporte escolar; desvio de finalidade na compra de combustível, que não era empregado nos programas de saúde e educação; entre outras ilegalidades. As irregularidades na aplicação de recursos favoreciam empresas fantasmas ligadas a agentes públicos municipais.

Estão sendo cumpridos 20 mandados de busca e apreensão em empresas, residências e órgãos públicos nos municípios de Porto de Moz, Ananindeua e Santarém, todos no estado do Pará. Foi declarada, ainda, a indisponibilidade de bens de dois gestores municipais envolvidos, além da suspensão do exercício de função pública de três agentes públicos envolvidos.