Institucional

Reunião

Torquato Jardim recebe propostas de combate à corrupção do “Diálogos Congresso em Foco”

publicado: 11/08/2016 17h56, última modificação: 19/10/2018 14h39
Sugestões foram construídas em fórum que reuniu parlamentares e representantes da sociedade
Propostas de combate à corrupção do “Diálogos Congresso em Foco”

Ministro da Transparência citou trabalho a longo prazo e participação da sociedade no combate à corrupção. - Foto: Ascom/MTFC

O ministro da Transparência, Fiscalização e Controle (MTFC), Torquato Jardim, realizou, na tarde desta quinta-feira (11), audiência com participantes do evento “Diálogos Congresso em Foco”. O objetivo da reunião foi apresentar propostas voltadas ao combate à corrupção e à superação das crises política e econômica no Brasil. O fórum reuniu jornalistas, parlamentares, especialistas e representantes da sociedade civil.

No documento entregue ao ministro, as sugestões contra a corrupção contemplam: radicalizar a transparência nas empresas estatais, nos provedores de serviço público e na receita orçamentária; aumento da efetividade das sanções quando do descumprimento da Lei de Acesso à Informação (LAI); inclusão, no rol mínimo de requisitos para contratação com a Administração , a identificação dos sócios e participações, além de mecanismos de compliance; atualização da Lei de Licitações; aplicação da Lei da Ficha Limpa para dirigente de partidos políticos; entre outras.

“É um trabalho a longo prazo, que precisa da participação de toda sociedade. Não basta reprimir. Além dos normativos; é necessário ir à fonte da corrupção – o que envolve a mudança de cultura e enfrentamento às fraquezas da natureza humana”, disse Jardim.

Na ocasião, estavam presentes o fundador, o editor-chefe e o consultor do Congresso em Foco, Sylvio Costa, Edson Sardinha e Caio Corrêa, respectivamente; o presidente da Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF), Andre Morisson; o vice-presidente de Relações Institucionais da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb), João Botelho; o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), João Ricardo Costa; a presidente do Instituto de Fiscalização e Controle (IFC) e coordenadora do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Jovita Costa; o presidente do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical); Maurício Rodrigues Porto; o vice-presidente  de Política de Classe da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), Floriano Sá Neto; o assessor parlamentar da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb), Thiago Marinho); e Lúcio Big, do site Operação Política Supervisionada (OPS).

O secretário-executivo do MTFC, Wagner de Campos Rosário, também participou da audiência.

registrado em: