Auditoria e Fiscalização

Operações Especiais

Ministério da Transparência apura desvios de recursos em Governador Valadares

publicado: 19/05/2016 10h03, última modificação: 19/05/2016 10h21
Terceira etapa da Operação Mar de Lama investiga pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos em Minas Gerais

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle (MTFC, ex-Controladoria-Geral da União) participa, na manhã desta quinta-feira (19), da terceira fase de Operação Mar de Lama, que visa combater desvios de recursos públicos em Governador Valadares (MG). O trabalho é realizado em parceria com o Ministério Público de Minas Gerais, a Policia Militar do Estado, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

Na primeira etapa da operação, o MTFC constatou a ocorrência de contratações diretas e pagamentos indevidos com recursos federais transferidos pelo Ministério da Integração Nacional. A verba seria utilizada para execução de serviços de engenharia emergenciais pelo município, em decorrência de danos causados por inundações ocorridas no final de 2013.

Agora, na terceira fase da operação, foi apurado o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos que já haviam sido investigados na primeira fase. Esses pagamentos foram feitos por empresas contratadas pelo município de Governador Valadares.

Estão sendo cumpridos 21 mandados de busca e apreensão, 5 de prisão preventiva e 15 de prisão temporária, além de promovidos bloqueios de valores e a suspensão do exercício de função pública de 17 investigados.

Os mandados serão cumpridos em Governador Valadares (MG), Nova Lima (MG) e Belo Horizonte (MG), sendo investigados os crimes de corrupção passiva e ativa. Participam da operação nove servidores do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle.