Controle Social

Educação Cidadã

CGU e Ministério da Educação firmam parceria para ampliar atuação do programa “Um por Todos e Todos por Um!”

publicado: 07/12/2015 17h13, última modificação: 08/12/2015 10h38
Público-alvo são estudantes do 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental de escolas públicas do país
CGU e MEC firmam parceria para ampliar programa “Um por Todos e Todos por Um!”

Ministério da Educação vai selecionar as unidades de ensino e aplicar o material pedagógico produzido pela CGU e Instituto Maurício de Sousa - Foto: Ascom/CGU

Nesta segunda-feira (7), a Controladoria-Geral da União (CGU) firma parceria com o Ministério da Educação para ampliar a realização do programa “Um por Todos e Todos por Um! Pela ética e cidadania” em municípios de todo o Brasil. A iniciativa visa disseminar entre crianças valores relacionados à democracia, autoestima, participação social, respeito à diversidade, responsabilidade cidadã e interesse público.

O programa utiliza material elaborado pelo Instituto Maurício de Sousa para a execução das atividades. O público-alvo da parceria são estudantes do 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental matriculados em escolas públicas do país. A realização ocorrerá durante o  ano de 2016.

O critério utilizado para seleção dos municípios que receberão o programa foi o Pacto Nacional para Redução de Homícidios. Produzido pelo Ministério da Justiça, o documento faz levantamento dos homicídios dolosos no Brasil. As escolas selecionadas para receber o “Um por Todos e Todos por Um!” estão situadas nos municípios com maior vulnerabilidade.

Pelo acordo, a Controladoria será responsável por apoiar e orientar o desenvolvimento do programa, além de oferecer apoio pedagógico e capacitações. Enquanto o Ministério da Educação deverá selecionar as unidades de ensino, aplicar o material pedagógico, garantir a participação de professores em capacitações, entre outros aspectos.

O acordo de cooperação foi assinado em evento comemorativo do Dia Internacional contra a Corrupção, na Escola de Administração Fazendária (Esaf), em Brasília. Criado em 2009, o programa “Um por Todos e Todos por Um! Pela ética e cidadania” já envolveu 400 mil alunos, 13 mil professores e 1600 escolas.