Controle Social

Educação Cidadã

Programa “Um por todos e todos por um” recebe novas adesões

publicado: 16/09/2015 08h01, última modificação: 16/09/2015 08h03
Interessados devem se manifestar o quanto antes para que o programa da CGU e Instituto Maurício de Sousa faça parte do planejamento das escolas em 2016
CGU e Turma da Mônica

Programa estimula, no aluno e na sua comunidade, a importância da participação de todos na luta contra a corrupção e a favor de uma sociedade ética e responsável. - Foto: Divulgação

O programa Um por Todos e Todos por um! Pela Ética e Cidadania” recebeu quatro adesões e um acordo de cooperação, a partir da edição da Portaria nº 2.308/14, que permite a execução por ente público federal, estadual ou municipal, além de escolas particulares. Desde a sua criação em 2009, a iniciativa já envolveu 400 mil alunos, 13 mil professores e 1600 escolas.

As novas adesões foram feitas pelos seguintes entes: prefeitura de Vassouras (RJ), prefeitura de Palmas (TO), estado do Mato Grosso (MT), Centro Educacional Conselheiro Paulino Ltda – Nova Friburgo (RJ) e SESI (por meio do acordo de cooperação). Não há prazo para aderir ao programa, entretanto entes interessados devem se manifestar o quanto antes para entrarem no planejamento das escolas no ano de 2016.

Para participar, o interessado deve entrar em contato com as unidades regionais da Controladoria-Geral da União, que estão disponíveis para formalizar a parceria. Para mais informações, basta escrever para umportodos@cgu.gov.br ou acessar a página do “Um por todos e todos por um”.

Saiba mais

O programa, desenvolvido pela CGU em parceria com o Instituto Cultural Maurício de Sousa, conta com o auxílio do universo lúdico das personagens da Turma da Mônica para disseminar entre as crianças valores relacionados à participação social, à democracia, ao respeito à diversidade e à responsabilidade pelo bem-estar coletivo. Também oferece aos alunos a oportunidade de conhecer e trabalhar, em atividades em classe e em família, conceitos como cidadania, democracia, interesse público, inclusão social, participação e autoestima.