Controle Social

Educação Cidadã

Portaria estende alcance do programa "Um Por Todos e Todos por Um!"

publicado: 07/10/2014 17h48, última modificação: 19/06/2015 10h36
Direitos e deveres do cidadão são o principal foco do programa, disseminado com apoio dos personagens da Turma da Mônica
Portaria estende alcance do programa "Um Por Todos e Todos por Um!"

Programa estimula os futuros cidadãos no envolvimento com as questões sociais. - Foto: Crédito: San Rogê

O programa “Um por Todos e Todos por Um! Pela ética e Cidadania”, da Controladoria-Geral da União (CGU), vai ampliar seu alcance a partir deste mês. Foi publicada, nesta terça-feira (07), a Portaria nº 2.308/14  de regulamentação da iniciativa, que permite a adesão ao programa de prefeituras com interesse de nele inserir as escolas do município. A adesão também poderá ser feita por outros entes públicos, como estados, e por redes privadas e filantrópicas de ensino, entre outras.

A adesão integral passa a ser possível desde que os interessados arquem com os custos da impressão do material e com a logística necessária. A CGU fica responsável por fornecer o conteúdo pedagógico para impressão e por repassar a metodologia de aplicação, bem como por capacitar os professores e monitorar a implementação do programa.

Por meio da parceria com o Instituto Mauricio de Sousa e com o apoio do UNODC (Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime), tem sido possível contar com o apoio da Turma da Mônica para disseminar valores relacionados à democracia, participação social, respeito à diversidade, autoestima, responsabilidade cidadã e interesse pelo bem estar coletivo entre os alunos dos ensinos fundamental e médio.

O objetivo é estimular os futuros cidadãos a se envolverem com as questões sociais e proporcionar uma formação crítica, criando o ambiente necessário para que tomem consciência de seus direitos e deveres. Espera-se como resultado que se tornem adultos atentos aos atos dos governos e aptos a exigir transparência e efetividade dos governantes.

Seleção

Até agora, a CGU e o Instituto Mauricio de Sousa faziam uma seleção de escolas para receberem o material.  Mas, com a nova regra, todas as escolas de um município, incluindo-se os ensinos público e privado, poderão ter acesso ao programa focado no ensino da cultura ética e cidadã.

A inclusão das escolas no programa passa, a partir de agora, a ser feita mediante assinatura de um Termo de Adesão a ser encaminhado à unidade regional da CGU no Estado onde se situa a instituição interessada.

Os detalhes sobre o programa e sobre a edição 2014 do “Um por todos e Todos por Um! Pela Ética e Cidadania” estão disponíveis no site da CGU, na seção Controle Social > Um por Todos e Todos por Um!.