Ouvidoria

Participação Social

Ciranda das ouvidorias debate mediação de conflitos no Paraná

publicado: 24/06/2014 09h45, última modificação: 27/08/2014 15h25
Aspectos da mediação serão abordados, como a imparcialidade, a não competitividade e a prevenção de novas crises.

A mediação dos conflitos como atribuição fundamental das ouvidorias. Essa foi a temática abordada na terceira edição da Ciranda das Ouvidorias, realizada em Curitiba (PR). Depois de Espírito Santo e Sergipe, no último dia 10, a capital paranaense participou do projeto que promove a troca de experiências e debate as temáticas comuns à realidade dos trabalhadores do setor no País.

Além de discutir a Lei de Acesso à Informação (LAI) e o papel das ouvidorias, os debatedores se concentraram em aspectos da mediação de conflitos, como a imparcialidade, a não competitividade e a prevenção de novas crises. Participaram do evento ouvidores, servidores públicos e trabalhadores envolvidos em atividades relacionadas à atendimento ao cidadão e autoridades governamentais locais.

Confira a programação

O evento foi uma realização da Ouvidoria-Geral da União (OGU) com o apoio da regional da CGU/PR e em parceria com a Controladoria-Geral do Estado do Paraná e com o Ministério Público Estadual.


Assessoria de Comunicação Social