Notícias

CGU treina novas equipes de projetos de cooperação técnica internacional

publicado: 26/05/2011 00h00, última modificação: 01/05/2014 23h11

Estão em curso desde a última segunda-feira (23/05) duas novas turmas do curso "Gestão por Resultados em Projetos de Cooperação Técnica Internacional (CTI)", no âmbito do Programa de Orientação e Capacitação dos Gestores Públicos Federais (Capacita) da Controladoria-Geral da União (CGU). O curso foi desenvolvido em parceria entre a CGU, por meio da Coordenação-Geral de Recursos Externos da Secretaria Federal de Controle Interno, e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e conta com o apoio da Escola de Administração Fazendária (Esaf) na disponibilização da plataforma de ensino à distância que hospeda o treinamento.

O programa do curso é composto pelos módulos: Direitos Humanos e Objetivos de Desenvolvimento do Milênio; Fundamentos da Cooperação Técnica Internacional; Execução e Controle dos Projetos de Cooperação Técnica Internacional; e Gestão por Resultados. Além do estudo dos conteúdos, a dinâmica do curso prevê a interação e a troca de experiências entre os participantes e os tutores da CGU e do PNUD, de modo a gerar um ambiente colaborativo que favoreça a reflexão e propicie a melhoria na efetividade, eficiência e eficácia dos projetos de CTI.

As duas turmas recém-iniciadas beneficiarão 84 profissionais, entre dirigentes e equipes técnicas dos projetos, além de representantes da Agência Brasileira de Cooperação e dos organismos internacionais (PNUD e UNODC). O curso oferecido pela CGU será especialmente importante para os projetos que experimentaram mudanças decorrentes da recente transição governamental, propiciando aos gestores e servidores que se apropriem dos princípios e práticas da cooperação. Além disso, o cenário global impõe novos desafios na execução da Cooperação Técnica Internacional e requer um contínuo desenvolvimento de competências das equipes dos projetos, que devem trafegar com segurança sobre os aspectos institucionais e legais, de ordem estrutural ou conjuntural, que caracterizam a implementação de seus projetos em favor da inovação na gestão das políticas públicas no Brasil.

 

Assessoria de Comunicação Social